Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó




"Minha Poesia não usa vestes para se camuflar, é livre e nua" (Arnoldo Pimentel)

"Censurar ninguém se atreverá, meu canto já nasceu livre" (Sérgio Salles-Oigers)

"Gambiarra Profana, poesia sem propriedade privada, livre como a vida, leve como pedra em passeata" (Fabiano Soares da Silva)

"Se eu matar todos os meus demônios, os anjos podem morrer também" (Tenneessee Williams)

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

VAGO OLHAR DE MINHA MÃE E OUTROS POEMAS



Carla            -precisomeexpressar.blogspot.com

Carol          - walkingtotherainbow.blogspot.com

Eliane Regina - afenixquerenasce.blogspot.com

Eliane Regina - afenixquerenasce.blogspot.com

Fenix Cruz - fenixcruzengenholiterarte.blogspot.com


Ingrid - perfumesepalavras.blogspot.com


Maria - algarve-saibamais.blogspot.com

Marion -      marionentrelinhas.blogspot.com
Solbarreto - palavraspelocaminho.blogspot.com

Tere - tere-terepoesias.blogspot.com
Os selos são para todos os visitantes, é só pegar quantos desejar.

REGRAS
1 Postar e distribuir os selos indicando o link que te presenteou (http://ventosnaprimavera.blogspot.com)
2 Visitar os blogs dos selos
3 Ler e comentar os poemas, razão do blog existir

POEMAS DA JANELA  (Os poemas da janela são inspirados em lembranças de minha mãe, quando ainda estava entre nós e ficava a nos olhar pela janela)

VAGO OLHAR DE MINHA MÃE

Beiral da janela
Pintura vazia na tela
Triste sem ela

JANELA

Janela pro mar
Interior de solidão
Aperto no coração

VENTO VAZIO

Olhar no vazio
Vento que te aquece
E você esquece

PRO SEU OLHAR

Crianças brincam
De frente pro seu olhar
Mas ali não está

CIGARRO

Olhar na janela
Cigarro encostado
Dia frustrado

SALA DECORADA

A fumaça que soltou
Esconde o olhar triste
Na sala decorada

TRILOGIA DO VAZIO(Trilogia escrita em outubro de 2009, musicado pelo parceiro Sérgio Salles-Oigers )

VAZIO I

Vazio sem vida
Tesouro esquecido
Entre vidros moídos

VAZIO II

Tesouro vazio
Esquecido entre vidros
Da vida moída

VAZIO III

Tesouro da vida
Esquecido moído
No vidro vazio

TRILOGIA DOS CORPOS VAZIOS ( Haikais inspirados nos caminhos de vidas sem rumo, o acidente é apenas a metáfora de relações humanas onde vidas sem perdem)

CORPOS VAZIOS I

Corpos deitados
Asfalto quente sem rumo
Lágrimas que ficam

CORPOS VAZIOS II

Corpos são algemados
Liberdade cativa
Sonho sem vida

CORPOS VAZIOS III

Corpos vazios
Na solidão da estrada
Vidas frustradas

HAIKAIS E POEMAS CURTOS ESCRITOS EM DIVERSOS MOMENTOS
(Acredito que cada momento de inspiração seja único)

NÉVOAS

São apenas névoas
Que invadem o coração
E o tempo não leva

LUA DESOLADA

Nuvem que passa
Lua que ficou apagada
Só e desolada

PARTIDA

Apenas partiu
Nem mesmo um sorriso
Deixou pra lembrar

CORPO CELESTE

Corpo celeste
Cruzando o céu do deserto
Faça um pedido

ARREBOL

Sol que se deita
Tom avermelhado
No mar descampado

VIDRO FUMÊ

Sinto o olhar do vento
No ocaso do vidro fumê
Da janela do meu apartamento
É só a palidez do vento
Querendo viver
Querendo brincar de amar
Com meu isolamento

CONCHAS DO MAR

Ondas viajam
Trazem estrelas só para se olhar
Levam garrafas pelo mar
Levam sorrisos
Para aprenderem chorar

MAR CINZA

Mar cinza e nuvens
Solidão que aflorou
No dia que ventou

DESERTO EM FLOR

Deserto em flor
Árido como minhas
Flores do campo

LÍRIOS SOLTOS

Lírios soltos
Vento leva pra longe
Amor frustrante


44 comentários:

  1. Olá, querido poeta!

    Obrigada por me presentear duas vezes hoje: com o seu carinhoso comentário e pelo selo que é um charme!

    Acho que está faltando o meu selinho aqui, não está?

    O meu selo não tem regras, é um mimo para o blogs que costumo visitar e me deliciar com os textos e os considero "FASCINANTE".

    Passe lá para pegar o Selinho de Chris Amag ou pegue do endereço:
    http://lh5.ggpht.com/_IXPFczrCUPA/S8UlDSqupZI/AAAAAAAAApg/mpTqiMspyzA/Selo_Chris_Amag.gif


    Bjs
    Chris

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo,

    Um show de belos poemas e haikais! Obrigada.


    Carinhoso beijo e ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Poxa, a "Trilogia do Vazio" é brilhante! E me enxerguei muito no "Vidro Fumê", eu me transportei pra dentro dela! Muito bom.

    Está certo, meu amigo! Sempre presenteando os amigos, né? hehehe Valeu! Bem, já sabe que sou uma menina que não gosta muito de seguir regras... rs. Mas todos os seus presentes sempre serão recebidos com todo o carinho, viu?

    Falando em presente, também tenho um pra você:

    http://florescerdaalma.blogspot.com/2011/02/selo-de-qualidade.html

    Vi que já ganhou um igual, mas o que vale é a intenção, né? rs

    Bju!

    ResponderExcluir
  4. Aaaaaaaaaaaaaaaahhhhh, agora que reparei nos selos que te dei que estão expostos no post! Hum, agora que entendi: você vai deixando-os "guardados" e, quando tem uma quantidade razoável, você os posta e os oferece... Poxa, legal... é que eu achava que você recebia tudo na mesma época... rs

    ResponderExcluir
  5. Que lindo os pemas!

    Passando do meu mar para te desejar um restinho de sábado animado, e que teu domingo seja ensolarado bjs.
    ઇઉ... ઇઉ ...

    ResponderExcluir
  6. Perdão Arnoldo, é poemas acho que escrevi errado. rs

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Eu adoraria ouvir musicado!!! Se você conseguir me ensina: eu tentei com R.I.M.A ( slide share ) - não deu - mas, não desisti! Estou muito feliz pelo selo - obrigada!!!

    ResponderExcluir
  8. Um mais lindo do que o outro. Explosão criativa!
    Parabéns, Arnoldo! E obrigada pelo selo, levo com muito carinho!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Arnoldo,

    Que conjunto belíssimo de poesias
    e haikais .
    Vir aqui é um bálsamo pra alma .
    Sem palavras pra te comentar, é só sentir ...

    Parabéns pelos selinhos que sempre te são muito merecidos.
    Obrigada por sua amizade e lembrança de sempre.

    Bjo , um Domingo cheio de Sorrisos.

    ResponderExcluir
  10. Arnoldo querido!

    Estou matando as saudades daqui e de você!!!

    Fui ao médico hoje e o cardiologista constatou que eu tenho você no coração. O médico que cuida da área do sono, me disse que sonhar com você me faz bem! O psicólogo disse que pensar em você é bom! O fonoaudiólogo disse que falar e ouvir o seu nome é ótimo!

    O fisioterapeuta disse que caminhar em sua companhia, mesmo que no subconsciente, é bom, mas tive um alerta - disseram que ficar longe de você é péssimo para minha saúde! E que sentir sua presença, mesmo pelo pc, é o melhor remédio. E receitou teu carinho todos os dias, em uso contínuo. Por isso, eu dependo da sua amizade e do seu carinho! Promete que vai cuidar da minha saúde? rs

    Beijocas e ótimo domingo!
    Sônia Silvino's Blogs
    Vários temas & um só coração!

    ResponderExcluir
  11. Todos muito ricos, me identifiquei muito com (corpos vazios). Mas muito bom lê-los é um carinho para todos nós a forma como colocas as palavras em versos. Beijos no coração meu amigo. Um lindo domingo para ti.

    ResponderExcluir
  12. Olá!Bom dia!

    Um poema mais lindo que outro!
    Parabéns pelos selinhos!
    Agradeço a lembrança!
    Fiz um anexo para o blog, para colocar os selinhos.
    salablogfloreselivros.blogspot.com
    beijos
    bom domingo.

    ResponderExcluir
  13. Uma lindíssima homenagem a sua mãe!

    Lindas as palavras, mais belos os sentires das memórias que nunca partem...

    Obrigada, Arnoldo, pelo seu carinho e miminhos oferecidos!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Obrigada pelo carinho, sempre.

    Um abração!

    ResponderExcluir
  15. Obrigado pelo selinho!
    Adorei os poemas...gostaria de ouvir ele musicado...poderia colocar aqui ne

    ResponderExcluir
  16. Olá meu querido.
    Meu Deus!!! Quantas homenagens rs.
    Lindo gesto meu querido.
    Gostei dos poemas que segundo vc são da época de sua mãe,eu já os li em algumas de suas postagens.
    Parabéns pela música também,linda!!!
    Tudo muito lindo.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelos selos. Merecidos. Os poemas são maravilhosos. Um grande bjo

    ResponderExcluir
  18. Oi meu amigo,

    Mais uma vez obrigada pelo seu carinho e sempre suas visitas e comentários no meu blog. Fico muito feliz e honrada.
    Obrigada pelo selo.
    Os poemas nem fala: sempre com muito sentimento. Parabéns!

    Um beijo,
    *Simone8

    ResponderExcluir
  19. Oi querido amigo!
    Belíssimos poemas, uma riquíssima homenagem, lembranças que ficam...
    Obrigada pelo teu carinho e presença constante, vou levar os mimos e postá-los no blog, amei!
    bjs Taís

    ResponderExcluir
  20. Oii.. obrigada pelo carinho! Sabe.. as vezes tudo que precisamos são Ventos na Primavera!
    beijos no coração

    =)

    ResponderExcluir
  21. Os ventos da primavera nos dá a sensação de calmaria. Obrigada pelo selinho, hoje não consegui pegar. Vou tentar depois.

    ResponderExcluir
  22. Olá obrigada pelo carinho no meu blog. Te sigo tb. beijosss

    ResponderExcluir
  23. Quanta inspiração, meu querido amigo!
    Estou precisando parar um pouco me encontrar comigo mesma para voltar a poetar, seus versos me animaram.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  24. Nossa!
    Lindos;
    Especialmente,

    LÍRIOS SOLTOS

    Lírios soltos
    Vento leva pra longe
    Amor frustrante
    Que levem e não os traga de volta,rs,
    Obrigado por sua visita,e palavras e pelos selos estou levando com muito carinho.
    Bj!!!

    ResponderExcluir
  25. Belissimos versos, meu querido Arnoldo. Obrigada pelos selos.

    Um beijo e uma ótima tarde

    ResponderExcluir
  26. Lindo post, parabéns!

    *Obrigada pelo comentário lá no blog! E muuito obrigada pelos selos! Estou levando todos! (:
    Volte sempre! Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Olá Arnoldo! Lindas poesias, lindos selos, com certeza pegarei alguns! :)
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Obrigada por seu comentário e por me oferecer os selos! :)

    ResponderExcluir
  29. Arnoldo, meu querido amigo!
    Tudo fica triste sem a nossa mãe. Os lírios murcham e a vida se torna um deserto.
    Tua Poesia é tão refinada, não tenho capacidade para comentá-la. Apenas a aprecio daqui da minha janela.
    Beijos!!!
    [vou levando um selinho]

    ResponderExcluir
  30. Arnoldo,
    vim só agradecer os selos. volto depois para ler com atenção o post e comentar convenientemente.
    para os meus lados o tempo tem andado escasso.
    beijo

    ResponderExcluir
  31. OLá Arnoldo, não teve como não me emocionar neste poema tão doce e terno dedicado a tua mãe.
    Mãe...
    O que seria do mundo
    sem a tua presença,
    tantos berços seriam tristes
    entre choros de criança...
    O teu sorriso é profundo,
    tua'lma doce canta plantando
    no coração dos teus filhos
    a eterna esperança...


    Pegaste-me na emoção meu amigo
    obrigada pelos selos

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde amigo, estou passando para levar meus presentes, os selinhos, obrigado de coração pela oferta. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  33. Obrigada pelo selinho, amigo. Por enquanto nao vou conseguir postar, mas agradeco o carinho e gentileza.

    Lindos poemas! Haikais sao para mim dificeis de escrever; acho-os sublimes!

    Abraco!
    E vamos confiar na vida! :)

    ResponderExcluir
  34. Amigo o seu cantinho é pura magia, adorei.
    "São apenas névoas
    Que invadem o coração
    E o tempo não leva"
    Sim amigo há nevoas que nos acompanham a vida toda.
    Obrigado pelo selinho estou levando e irei colocar no meu blog "SELINHOS - Presentes dos AMIGOS".
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  35. Tem selinho para vc no meu blog tambem! :)

    ResponderExcluir
  36. Versos curtos me agradam tanto! São mais verdadeiros, espontâneos...

    "Névoas" e "Partida" me fizeram repensar muitas coisas.

    ResponderExcluir
  37. Querido!

    Voltei para dizer que finalmente acabei de postar os lindos selinhos que vc me ofertou!

    Muitissimo obrigada!

    Lindas poesias,suas palavras sempre emocionam!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  38. Oi, querido!
    Lindos selos! Lindos poemas!
    Beijos, muitos!

    ResponderExcluir