Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó




"Minha Poesia não usa vestes para se camuflar, é livre e nua" (Arnoldo Pimentel)

"Censurar ninguém se atreverá, meu canto já nasceu livre" (Sérgio Salles-Oigers)

"Gambiarra Profana, poesia sem propriedade privada, livre como a vida, leve como pedra em passeata" (Fabiano Soares da Silva)

"Se eu matar todos os meus demônios, os anjos podem morrer também" (Tenneessee Williams)

domingo, 15 de julho de 2012

NUVENS



Eu só queria poder olhar
E ver o céu
Ver as luas que passam
E olham

Ouvir a poesia das nuvens
Quando choram
Para dizer
Que eu não preciso olhar

Para sentir o que foi desenhado
Lá meio do mar
Onde as grutas escondem as luzes azuis

Que enfeitam as minhas palavras
Escritas com giz
Para não serem apagadas

Arnoldo Pimentel

Este poema é parte integrante do Livro Nuvens, para adquirir acesse:
Blog     gambiarraprofana.blogspot.com


Amigo(a) visite o link abaixo e leia a segunda parte da minha entrevista ao Poetas de Marte, desde já agradeço a amizade.


24 comentários:

  1. "Mas as vezes, escrevo com sangue
    para que fique estancado em meu peito,
    para que meu coração solitário...não sangre!"

    Abraços e obrigada pelo carinho de sempre!

    ResponderExcluir
  2. Olá meu caro,

    parabéns pelo livro! Vou te mandar um email, pois estou interessada.

    Grande abraço

    Leila

    ResponderExcluir
  3. Oi Arnoldo,li sua entrevista e gostei muito.
    Achei interessante quando vc descreveu que a sua professora chorava quando lia suas redações!
    Adorei o poema 'Nuvens',muito gostoso de ler.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  4. perco-me em teus poemas..
    é assim que me encontro..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  5. Olhar as nuvens, imaginar desenhos enquanto elas passam. Poema maravilhoso, leve.

    Um beijo, Tamires.

    ResponderExcluir
  6. Já conhecia, tenho prazer de ter em minhas mãos este excelente livro, que recomendo vivamente!

    Um beijinho Arnoldo, você escreve lindamente.
    cvb

    ResponderExcluir
  7. lindo poema parabens amigo arnoldo adoro ler seus poemas
    que falam direto a nossa alma e coração vim agradecer sua visita que me deixa sempre muito honrrada e feliz desejo que sua semana seja linda,inundada de poesia e amor bjs com carinho marlene

    ResponderExcluir
  8. Olá,Arnoldo!!

    Bela poesia!Observar o céu é sempre um presente.As nuvens por mais efêmeras que sejam encantam e seduzem!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Linda poesia e o livro é todo bom. Amei!!!
    Um xero amigo.

    ResponderExcluir
  10. Mas antes de caírem feito lágrimas
    desenham o céu

    Abraço, poeta!

    ResponderExcluir
  11. 'Luzes azuis' Arnoldo
    céus incríveis me surpreendem depois que passei a observá-los com atenção.
    Tua poesia desenhou com palavras o que desenho com fotografias rsrs
    Belíssimo Arnoldo
    Parabéns/ fui ver sua entrevista e gostei muito, sempre um prazer saber mais do escritor/poeta.

    ResponderExcluir
  12. Linda demais meu amigo...Tens nos dedos a inspiração que falta ao simples mortais...Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  13. O poeta sempre pinta lindos quadros com os pincéis da alma, lindo poema, vou lá ver a entrevista, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  14. Bravo, Poeta! Bravo!

    Beijos e abraços com poesias SEMPRE!

    Cia. De Teatro Atemporal.
    Clemente.

    ResponderExcluir
  15. Bravo, Poeta! Bravo!

    Beijos e abraços com poesias SEMPRE!

    Cia. De Teatro Atemporal.
    Clemente.

    ResponderExcluir
  16. maravilhosa poesia...

    indo te ler na entrevista...

    abraço grande!

    Su.

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga,
    Hoje é dia de dizer que te quero bem,
    que penso em ti sempre
    e que tua amizade é muito importante para mim.
    Quero dizer também que teu carinho
    e tua alegria tornam minha vida mais bonita,
    e que te conhecer me fez crescer muito.
    Feliz dia do amigo.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  18. Querido amigo,
    Hoje é dia de dizer que te quero bem,
    que penso em ti sempre
    e que tua amizade é muito importante para mim.
    Quero dizer também que teu carinho
    e tua alegria tornam minha vida mais bonita,
    e que te conhecer me fez crescer muito.
    Feliz dia do amigo.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  19. Querido amigo...
    Que saudades das suas belas poesias!
    Estou aqui para deixar um abraço poético nesse dia do amigo e convidá-lo a ler uma postegem dedicada a todos os amigos , seguidores e visitantes do meu blog
    Lhe espero sempre!!!
    Beijo na alma

    ResponderExcluir
  20. Boa noite amigo querido !
    Sabia que na bilheteria da vida os ingressos para comprar um amigo se encontra nos atos e atitudes e dai nos humanizamos .Por isso que te fiz de meu amigo.
    F*E*L*I*Z***D*I*A***D*O***A*M*I*G*O***!!!

    ResponderExcluir
  21. Só um poeta entende a linguagem das nuvens...e de que maneira!
    O comum dos mortais, só sabe dizer, ao olhá-las, se chove ou faz sol!
    Parabéns pelo poema e pelo título (sugestivo) do teu livro!
    Muito sucesso.
    Um grande abraço pelo dia de ontem que, afinal, é de todos os dias.
    Graça

    ResponderExcluir
  22. que bom poder passar aqui alguns minutos da minha vida, lendo coisa inteligentes e maravilhosas, obrigado por compartilhar sua sabedoria que é muito importante para pessoas como eu que amam poesias, contos etc...

    ResponderExcluir
  23. Sensibilidade, tens uma aproximação íntima com a natureza, logo se vê pela decoração do espaço. Lindo!

    ResponderExcluir