Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó




"Minha Poesia não usa vestes para se camuflar, é livre e nua" (Arnoldo Pimentel)

"Censurar ninguém se atreverá, meu canto já nasceu livre" (Sérgio Salles-Oigers)

"Gambiarra Profana, poesia sem propriedade privada, livre como a vida, leve como pedra em passeata" (Fabiano Soares da Silva)

"Se eu matar todos os meus demônios, os anjos podem morrer também" (Tenneessee Williams)

quinta-feira, 1 de março de 2012

POEMA DAS NUVENS

                     Gambiarra Profana no Teatro do Sesc Nova Iguaçu RJ 2010 




                               
                Lançamento do livro "Nuvens" na EM Heliópolis em Belford Roxo RJ

POEMA DAS NUVENS

As paredes são feitas de outono
E abrir a porta é deixar o inverno entrar
O inverno e seus acalantos
E seus mantos

Pode-se olhar pelos vidros das janelas
E ver as árvores desabitadas
Sobre as folhas secas que se perderam
Ao tentarem a sorte nas veredas do parque

Pelas ruas alguns edifícios ainda são cinza
E o vulto do cigarro se esconde atrás
Da cortina de olhos sem vida

Os bancos solitários da praça
Também ilustram a paisagem
Do pequeno poema das nuvens

Arnoldo Pimentel

18 comentários:

  1. oi Arnoldo,

    sua poesia supera qualquer
    estação do ano,
    em todas elas há uma agradável brisa a soprar...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. os bancos solitários da praça..

    a eterna solidão que permeia nossos poemas..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  3. Excelente poesia!!!
    Sempre bom estar aqui!!!
    Bjos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Sua poesia é maravilhosa amigo!
    Bjos XD

    ResponderExcluir
  5. BOM DIA AMADO AMIGO!
    EU AINDA TE VEJO TÚ OLHANDO PRÁ MIM,KKKKKKKKK,ESSA FOTO DO PERFIL SÓ DIZ QUE ÉS UM FUGITIVO,KKKKKKKKKKK,POR ISSO QUE SINTO VONTADE DE TE VER DE FRENTE...
    SAINDO DA BRINCADEIRA !
    POEMA LINDO NA EXPRESSÃO QUE EM TODAS AS ESTAÇÕES ESCREVES COM O SOM DE CADA UMA...
    SABIA QUE HJ ESTOU NO BLOG DO DUDU COM MAIS UM POEMA...DESTA VEZ RIMADO.É UM DESAFIO PRÁ MIM.SÃO COISAS DO DUDU,NÃO SEI RIMAR,POIS NÃO TENHO O DOM,E ELE ME INSTIGA EU GANHAR OU ARRANJAR ESSE DOM,KKKKKKKKKKKKKKK.PASSA LÁ PARA ME DAR ESSA FORÇA...
    BJSSSSSSSSS RIMADOS
    http://rimablogeutedouumaflor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Bela poesia Arnoldo e que as Nuvens cheguem até o céu.
    Sucesso!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Que os ventos do inverno,
    cheguem com suavidade.
    Para que possamos em
    teus acalentos, sentir
    a proximidade de tua
    sincera amizade!
    Abraços, adorei e me empolguei.

    ResponderExcluir
  8. Belo poema amigo, Que bom passar por aqui. Tem magia. Um lindo domingo para ti e beijinhos carinhosos com certeza.

    ResponderExcluir
  9. Arnoldo,muita linda poesia das nuvens e parabens mais uma vez pelo lançamento de seu livro!Bjs e bom sabado!

    ResponderExcluir
  10. Surreal...poema das nuvens...sem nuvens!
    beijinhos de luz!!

    ResponderExcluir
  11. Mais uma bela poesia Arnoldo, muito bom estar aqui e parabéns pelo seu novo livro, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  12. Bom dia,Arnoldo!

    Um belo poema!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Doçura de poema, querido Arnoldo. Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Maravilhoso poema...Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  15. Parabéns meu querido Amigo, você merece tudo, a sua escrita encanta! É um prazer ter o seu livro em minha casa, no recanto que destinei à poesia, ajuda a tornaa o espaço ainda mais nobre.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Seus poemas aquecem a alma.

    Muito sucesso, Arnoldo!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  17. Grande trabalho poetico!... Parabéns amigo Pimentel!... grande abraço!... Joaquim Gomes

    ResponderExcluir
  18. Querido amigo Arnoldo,

    Uma honra estar presente neste dia tão feliz! O poema escolhido é lindo, como todos do seu livro Nuvens . Impera a excelência na beleza de todos os poemas. Os seus livros estão sempre em minhas mãos. Leio e releio sempre. Obrigada.


    Beijos com carinho e ótima semana.

    ResponderExcluir