Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó




"Minha Poesia não usa vestes para se camuflar, é livre e nua" (Arnoldo Pimentel)

"Censurar ninguém se atreverá, meu canto já nasceu livre" (Sérgio Salles-Oigers)

"Gambiarra Profana, poesia sem propriedade privada, livre como a vida, leve como pedra em passeata" (Fabiano Soares da Silva)

"Se eu matar todos os meus demônios, os anjos podem morrer também" (Tenneessee Williams)

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

DEPOIS QUE O GALO CANTAR








                                           DEPOIS QUE O GALO CANTAR

Ainda não ouvi o galo cantar
Mas confesso que tenho medo
Do que poderá vir, fico confuso
Só em pensar como a lua irá dormir hoje

As estradas irão aparecer do nada
Mas só poderei seguir uma
A estrada do meu destino
E não sei se estarei pronto

Para levar aos ventos
O Amor que conheço
Para falar desse Amor
Que não mereço

Minha fragilidade está à flor da pele
Acho que ficarei à beira mar
Ficarei por horas
Para tentar descobrir
Se poderei mesmo ser um pescador

47 comentários:

  1. muitas coisas aparecem do nada..e acabam sendo tudo pra gente..
    saudade daqui..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  2. Quando estamos á flor da pele... Nossa sensibilidade aflora!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  3. LINDO POETA ADOREI ESTA REFLEXÃO EM VERSOS
    QUE FAZER QUANDO VIER O DIA,E EU PRECISAR TOMAR
    DECISÕES QUANTAS COISAS LINDAS,QUE SÓ OS POETAS TEM A SENSIBILIDADE DE QUESTIONAR,ONDE A LUA VAI DORMIR?..UM ABRAÇO MEU QUERIDO AMIGO,ADORO LER VOCE PARABENS MARLENE

    ResponderExcluir
  4. Olá, Pimentel!O dia que chega, é sempre uam surpresa e cheio de riscos a se correr, mas que graça teria a vida se não fossem os riscos que corremos a cada dia.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. Junto com o amanhecer vem a expectativa, os sentimentos confusos, o nervosismo de prosseguir... Mas se é assim que tem que ser, vamos lá, encarar e esperar :D

    ResponderExcluir
  6. Pura sensibilidade nestes versos amigo...questionamentos que vez ou outra acabamos por fazer na vida...
    Ótimo final de semana...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  7. Amigo primeiro gostaria de te agradecer o carinho em meu blog, andei sumida porque mudei-me de casa e mudança dá um trabalhão, hoje consegui um tempinho para visitar os amigos, e olha que linda surpresa encontrei aqui, belíssimos versos, falando sobre as incertezas do novo amanhecer, quem não os tem? lindo poeta tua sensibilidade estava a flor da pele, parabéns beijos Luconi

    ResponderExcluir
  8. Com tanto amor assim... vc é merecedor e muito... um pescador de sonhos.

    bjos amigo que seu fim de semana seja iluminado.

    ResponderExcluir
  9. bom dia meu lindo e amado amigo!
    lindo sim!
    amado sim!
    porque não?
    Estou tão triste por vc.Pois meu cantinho está em festa,todos foram me visitar,menos vc.E que engraçado!No meio daquela multidão senti tua falta,é verdade,podes acreditar.Mas deixei uma fatia de bolo e um cálice de vinho prá ti,passa lá prá pegar.
    Bjs de saudades!

    ResponderExcluir
  10. já diz um velho pensamento: pra ser um bom pescador é preciso levantar bem cedo, antes até do sol aparecer...

    Beijos e Abraços

    ResponderExcluir
  11. E quando o galo cantar, o novo dia despontar, as opções estarão mais claras, de forma a permitir uma definição do caminho a seguir.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Momentos de incerteza foram o tema para deixar tão lindo, com certeza, este poema. Gostei muito mesmo! Parabéns, um feliz fim de semana. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá Arnoldo
    Sempre ficamos em dúvida quanto ao novo dia, mas temos que acreditar que será melhor que o anterior, e que sempre valerá a pena.
    Abração

    ResponderExcluir
  14. "A fragilidade está à flor da pela"... mas a coragem também: o amanhã é sempre fonte de esperança, como quer que tenha sido o sono da lua!...
    Abraço
    Quicas

    ResponderExcluir
  15. Diante das dúvidas, ficar a beira mar é uma ótima ideia. Belo poema, Arnold!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Lindo como sempre amigo. A incerteza do amanhã sempre nos deixa um pouco receosos, mas devemos ter sempre esperança que será um bom amanhecer.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  17. Poeta maravilhoso poema todos os poemas que encontro nesse blog são profundos, intensos repletos de questionamentos e reflexões.

    ResponderExcluir
  18. Entre as estrelas aquela que brilha mais e guia-te ao destino.... mas prontos nunca estamos pq cada caminho é sempre inédito... e o pescador nunca poderá pescar todos os peixes....
    Boa noite!
    Carla

    ResponderExcluir
  19. Somos sempre pescadores nos mares da ilusão, um dia a mare está boa, outros, não se pesca nada não. As vezes não se está com a vara apropriada, ou as ondas estão altas e o mar revolto. De qualquer forma ondas tranquilas também haveremos de navegar, o que importa é apreciar a beleza do mar. bjos.

    ResponderExcluir
  20. A dúvida que atormenta a alma, também inspira belos poema.Adorei, querido.

    Beijo e ótima semana.

    ResponderExcluir
  21. Olá Arnoldo... Este seu espaço está cada vez mais maravilhoso de se viajar....
    Estava com sdd. BjOOooooOOo

    ResponderExcluir
  22. Lindíssimo poema, Arnoldo!
    Somos e sempre seremos pescadores, amigo.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Olá Arnoldo,
    Com certeza, após o galo cantar, as dúvidas e incertezas estarão dissipadas e a escolha do caminho se fará de forma instintiva.
    Parabéns, poeta.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  24. moço...

    sempre que te leio saio daqui com a sensibilidade a flor da pele...

    ela reside aqui em seus versos...

    que venha então o inesperado...

    lindo dia, obrigada pelo seu carinho que me deixa sempre feliz!

    Su.

    ResponderExcluir
  25. Olá,Arnoldo!!

    Nossa...que poesia linda!Nos instiga a muitas reflexões...as vezes ficamos horas tentando descobrir se estamos no caminho certo...
    Gostei muito!
    beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  26. Você tem muito talento, usa figuras de linguagem muito lindamente em seus textos. Quem nunca se sentiu assim, sem saber se conseguiria fazer algo, em dúvida ou com medo do dia que se seguiria.
    Parabéns uma vez mais! ^^'

    ResponderExcluir
  27. Arnaldo eu sou a Kika e venho agradecer os votos de feliz aniversário

    Boa semana e ronrons da
    Kika

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Gostei muito da sua postagem1
    Beijo e excelente semana.
    Com carinho,
    Mara

    ResponderExcluir
  29. Meu Amigo

    Não é só a fragilidade que está à flor da pele...a poesia também está.
    Agradecendo o carinho de sempre e deixando um beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  30. O que está por vir é sempre um mistério! Parabéns pelo belíssimo poema!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  31. A lua estará sempre acordada e encantando para os que amam de verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Uma incógnita em volta e a sensibilidade à flor da pele deixa fluir a emoção em poesia a espera do que está por vir ao findar o dia... mais um belo poema Arnoldo.

    bjo

    ResponderExcluir
  33. A forma mais pura e transparente dos sentimentos aflorarem são através dos poemas... E os seus afloram belissimamente aqui! Parabéns! Abraços!

    ResponderExcluir
  34. Arnoldo..... Lindo seu poema.
    Ai esta o encanto da Vida... E emocao da espera..
    Nem pense.... permita-se sentr apenas..

    bj

    ResponderExcluir
  35. Olá amigo, seu poema é deveras lindo e com um sentido de ternura, mas quando o galo canta nossos medos espanta, e de certo que se não for um pescador de peixes, será sim um bom pescador de corações.
    Só a avaliar pela sua maravilhosa escrita, beijinhos de luz e muita paz...

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde, Arnoldo.MARAVILHOSO!!!!!!!!!!AMEI!!!!!!!Parabéns, de verdade.Amo esse seu espaço, encontro poemas que são uma preciosidade.

    "AS ESTRADAS IRÃO APARECER DO NADA
    MAS SÓ PODEREI SEGUIR UMA
    A ESTRADA DO MEU DESTINO
    E NÃO SEI SE ESTAREI PRONTO"

    Quase nunca estamos prontos, vamos aprendendo a vivenciar situações que não pensávamos acontecer.
    As escolhas na nossa vida, fazem parte da nossa sobrevivência, e ao que não podemos fugir, pedimos sabedoria para caminhar!
    Um beijo grande, e obrigada pela sua presença e comentário no meu espaço, que tão carinhosamente tem visitado!
    Um dia de paz para você!

    ResponderExcluir
  37. Querido amigo Arnoldo,

    A poesia é linda e cheia de significados como o destino que não pode ser desvendado, mas perfeitamente desenhado.

    Obrigada pelo convite. Muito grata e honrada, amigo.


    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  38. Pois é amigo Arnoldo, parece que porque não ouviste o galo cantar andas assim...um pouco...confuso.
    Percebo sim, que ultimamente andas postando uns textos assim como descreves, uns textos onde parece retratar uma fragilidade à flor da pele...
    Desejo que este inicio de primavera vá florir seus dias! Arnoldo, fico sempre muito contente e honrada sempre quando aparece passeando lá nas minhas lembranças. Me desculpo que visito os prezados amigos tao pouco. Para os amigos que fazem postagens com bastante frequência, para mim é quase impossível seguir todas as postagens. Durante a semana após trabalho cuido do jantar,e após o jantar me sobra de 3 a 4 horas antes de ir dormir para no dia seguinte começar tudo de novo. Por isto a maioria dos amigos só me ver nos fins de semanas.
    Amigo fica de olho e ouvido abertos para não perder o canto deste galo!
    linda noite!
    Saudades.

    ResponderExcluir
  39. Depois que o galo cantar passa por lá,estou com saudades...
    bjsssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  40. Oi Arnoldo
    Belo poema que fala dos sentimentos confusos que normalmente assaltam nossa alma , nunca sabemos o tempo que conta pra nós.
    Volto ao seu blog com prazer carinho
    e abraços

    ResponderExcluir
  41. agradeço tuas gentis palavras em minha página POETA . Ler teus poemas é sempre um prazer para mim, pois além de bem tecidos eles têm vida, alma, coração e emoção! Um abraço com o meu carinho e admiração!

    Darlene Alves...(",)

    ResponderExcluir
  42. Lindíssimo teu poema.Mais esse!abraços,chica e um dia maravilhoso!

    ResponderExcluir
  43. A dúvida, pode perturbar mas...tambem faz avançar!
    Lindo poema!
    Bj
    Graça

    ResponderExcluir
  44. Olá querido
    Seu blog é um misto de imagens e poesias que preenchem a alma e encantam os olhos.
    Vim apreciar e agradecer seu carinho de semppre nas carinhosas visitas e comentários.Lhe espero sempre!
    Beijo na alma
    Saudações Poéticas!

    ResponderExcluir