Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó




"Minha Poesia não usa vestes para se camuflar, é livre e nua" (Arnoldo Pimentel)

"Censurar ninguém se atreverá, meu canto já nasceu livre" (Sérgio Salles-Oigers)

"Gambiarra Profana, poesia sem propriedade privada, livre como a vida, leve como pedra em passeata" (Fabiano Soares da Silva)

"Se eu matar todos os meus demônios, os anjos podem morrer também" (Tenneessee Williams)

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

MEDO



Vivo mesmo
Ficou apenas o medo entre
As quatro paredes brancas
Totalmente brancas
O corpo nu e torturado
Com a alma violada
Ficou esperando
O anjo vir lhe buscar
Assim terminaria sua sina
Que começou
E se acabou
Quando quis ser livre
E poder voar

Arnoldo Pimentel

Este poema é parte integrante do livro NUVENS
Para adquirir entre em contato
Email:   arnoldopimentel@gmail.com

18 comentários:

  1. Não podemos ter medo de arriscar,
    voar pela liberdade e escolhermos o que é melhor..
    Abraços querido
    Lindas palavras

    Ju

    ResponderExcluir
  2. OI MEU AMIGO,

    acredito somente em totalidade,
    se há entrega tem que ser por
    inteiro,
    se há olhar tem que ser com intensidade,
    se há amor tem que ser até o fim...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Olá Arnoldo, belas palavras!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Mesmo que a liberdade traga consequências indesejadas, ainda é um sonho que deve ser vivido.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. ÓLA MEU AMIGO POETA QUE LINDO SEUS VERSOS
    ADORO LER AQUI VIM OFERECER A VOCE UM SELINHO DE ANIVERSARIO DE UM ANO DO BLOG AOSOLHOSDAALMA.BLOGSPOT.COM MUITO SIMPLISINHO MAS FEITO COM MUITO CARINHO PARA OS AMIGOS ESPERO QUE GOSTE DESEJO QUE TENHAS UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA COM CARINHO MARLENE

    ResponderExcluir
  6. Arnoldo..parabéns por mais este lindo poema!!

    Bj

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema querido Arnoldo, voltei de uns dias difíceis, mas, voltei para ficar.
    Abraço amigo.

    ResponderExcluir
  8. Toda vez que tento voar, meu anjo poda as minhas asas, penso que ele acha mais seguro que eu fique com os pes no chão...Abraços

    ResponderExcluir
  9. Amigo Arnoldo
    Menino Jesus te abençoe com muito Amor, saúde e paz,na companhia de todos que te são queridos.
    Um Santo Natal!!!!!
    Um abraço com muito carinho e amizade
    Ana Paula

    ResponderExcluir
  10. Querido Arnoldo,
    sempre com belos versos..
    venho te agradecer a companhia e carinho no ano que finda..
    te deixo beijos perfumados para um lindo Natal..
    até 2012!

    ResponderExcluir
  11. Arnoldo,parabéns pelo seu lançamento!Desejo muito sucesso,pois vc merece!Um feliz Natal com muita alegria a vc e sua familia!bjs,

    ResponderExcluir
  12. Olá, Sr. Arnoldo!

    Estamos passando por aqui para ratificar um agradecimento que fazemos varias vezes:

    Obrigado a DEUS por ter o senhor presente na vida de nossa companhia de teatro;

    As palavras são as mesmas de sempre, mas o sentimento e a sinceridade estão sempre se renovando por ter o carinho e admiração do senhor por nossos trabalhos!

    Desejamos que o senhor, sua família e seus amigos tenham

    UM FELIZ NATAL E UM FELIZ ANO NOVO!

    E que DEUS possa ainda mais nos honrar com as belezas dos trabalhos do senhor para sempre!

    Clemente.

    Cia. De Teatro Atemporal.

    ResponderExcluir
  13. Belo alvorecer querido amigo!
    Sinto que a felicidade se torna prazeirosa quando realizamos dentro de um livro,e vc tem razões para isso...eu tenho experiência própria por isso que sei o quanto estás realizado neste campo...
    Parabéns meu amigo 1
    Poema lindo...

    ResponderExcluir
  14. Excelente, meu querido Amigo, é sempre um prazer passar para o ler.

    Desejo-lhe um Feliz Natal com muito Amor, Paz e Palavras que chegam a nós, que chegam a mim...

    Grata por tudo.
    Beijos
    oa.s [cecilia]

    ResponderExcluir
  15. Olá,Arnoldo!

    Triste mas lindo poema!!
    Belíssima capa do seu livro!Parabéns!Sucesso!!!
    Deixo meus votos de um Feliz Natal!!!
    Que seja pleno de amor e muita paz!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Assim se vai...
    E o outro fica...
    Alguns acrescentam, outros nos tiram...
    Triste ou feliz
    Basta entender o que se pode sentir
    Mas nem sempre conseguimos entender
    O que se passa por dentro
    Medo?

    Lindo seu poema, parabéns pelo livro!

    Beijos saudosos

    ResponderExcluir
  17. Querido amigo,
    É Natal...
    Um momento doce e cheio de significado para toda a nossa vida...
    É tempo de repensar valores,de ponderar sobre a vida, e tudo que nos cerca.
    É o momento de deixar nascer essa criança pura, inocente e cheia de esperanças que mora dentro do nosso coração para termos um mundo com muito mais Amor e Paz!!!
    Desejo a você e toda a sua família um Natal abençoado e cheio de alegria.
    FELIZ NATAL!!!!!

    Beijocas de luz e paz...

    ResponderExcluir